7 Dicas para garantir a segurança ao oferecer wi-fi

7 Dicas para garantir a segurança ao oferecer wi-fi

Quem tem um estabelecimento hoje em dia, sabe o quanto os clientes prezam um local com acesso à rede de internet e ao wi-fi gratuitamente.
É como se fosse um acordo tácito entre o estabelecimento e o cliente, eles já esperam que todo estabelecimento – sobretudo bares e restaurantes – ofereçam wi-fi gratuito.

A forma mais tradicional de oferecer rede de wi-fi gratuito é instalando um roteador e ofertando aos clientes uma rede aberta, sem senhas e sem nenhuma burocracia.

Assim o cliente tem o wi-fi gratuito que tanto deseja e os funcionários do estabelecimento não precisam se ocupar em ter que dizer a senha.

Entretanto, oferecer uma rede de wi-fi gratuito de forma desprotegida é uma forma de perder uma grande oportunidade de utilizar o wi-fi como estratégia de marketing para seu negócio e como forma de fidelizar e conquistar clientes.

Para completar, dessa maneira, nem os clientes e nem mesmo o estabelecimento está seguro, em outras palavras, essa forma tão livre e desimpedida de dar acesso ao wi-fi em estabelecimentos pode comprometer e colocar em risco a segurança da rede wi-fi da empresa e do cliente.

Além de violar as normas do Marco Civil da Internet, que prioriza a segurança e privacidade das informações fornecidas pelos usuários.

Tendo em vista a importância da segurança da rede wi-fi, listamos 7 dicas para garantir a segurança ao oferecer wi-fi aos seus clientes.

1. Ofereça wi-fi em estabelecimentos de qualidade

Se você pretende oferecer rede de wi-fi em seu estabelecimento, certifique-se de que ela seja de qualidade, pois os clientes podem ficar bastante frustrados se não corresponder as suas expectativas e necessidades.De modo que, esse “detalhe” pode ser decisivo para que eles voltem ou não ao seu estabelecimento, ou até mesmo o recomendem para outras pessoas.

Portanto atente-se para alguns fatores importantes antes de oferecer a comodidade do wi-fi para seus clientes: velocidade, extensão, equipamentos.

2. Anuncie que seu estabelecimento tem wi-fi

Se você oferece wi-fi gratuito em seu estabelecimento, precisa anunciar isso para que todos os seus clientes tenham acesso a ele, inclusive, pense em um nome para a rede que seja adequado ao seu negócio.

Uma forma interessante de anunciar que seu estabelecimento tem wi-fi para clientes é espalhar cartazes informativos que também expliquem a forma como os clientes poderão se conectar.

3. Diferencie a rede privada da rede para os clientes

Uma das formas e principais dicas de segurança para redes wi-fi e que haja uma diferença entre as conexões da rede privada para a rede aberta.
Em outras palavras, o ideal é que se crie duas redes de wi-fi, pois é mais eficiente, além disso, alguns equipamentos e roteadores, já permitem essa distinção.

4. Escolha uma senha difícil

Não adianta nada você criar duas redes uma aberta e uma privada, se na rede privada você não “caprichar” na senha. Isso também faz parte da forma como você faz a gestão da rede wi-fi.

Uma forma de garantir a segurança da rede wi-fi é criar uma senha segura para sua rede privada.

Opte por uma senha em torno de 15 caracteres e tente pegar letras e números aleatórios, assim, a rede wi-fi privada de seu estabelecimento ficará mais segura.

5. Invista na segurança da rede wi-fi

Muitos estabelecimentos liberam a senha da rede de wi-fi sem qualquer preocupação com a segurança, porém, tal fato acaba colocando em risco não só o estabelecimento, mas também o próprio cliente.

Isso se tornou ainda mais evidente e uma preocupação de vários estabelecimentos a partir do Marco Civil da Internet, que implica em algumas leis de segurança para quem oferece wi-fi gratuitamente.

Desse modo, para garantir a segurança de todos, é importante que se invista na segurança da rede wi-fi.

Para isso, há uma série de dicas de segurança para redes wi-fi que podem ser colocadas em prática no seu estabelecimento, evitando futuros problemas com os dados da sua empresa e do cliente e ao mesmo tempo em que oferece uma rede wi-fi de qualidade.

6. Utilize um sistema hotspot

Essa dica de segurança para redes wi-fi tem muita relação com a dica anterior, pois é o sistema hotspot que irá proporcionar as informações e ferramentas necessárias para gestão da rede de Wi-Fi: a coleta dos dados, horários e acessos dos usuários.

Além disse, esse sistema possibilita gerir e determinar a velocidade e a quantidade de dados que podem ser utilizados pelos clientes, entre outras funcionalidades.

O sistema hotspot é quem “libera” a conexão para os clientes por meio de um breve cadastro ou login com uma das redes sociais do usuário, esses dados ficam armazenados para o caso de ocorrer qualquer crime ou necessidade de informação por parte legal, ressalvando o estabelecimento.

Você pode conhecer mais sobre o sistema hotspot conhecendo o que é o Santo Wi-Fi, e os benefícios que esse serviço proporciona para a sua empresa.

7. Utilize o wi-fi gratuito como estratégia de marketing

Se está quase convencionado que um estabelecimento precisa oferecer rede de wi-fi gratuito, por que não usar essa ferramenta como estratégia de marketing?

Através do wi-fi em estabelecimentos é possível identificar o cliente e ao disponibilizar o login através de alguma rede social pode aproveitar e fazer publicidade no dispositivo em que ele está acessando a rede, além de criar formas de se comunicar com o cliente.

Por fim, se você tiver alguma dúvida sobre as dicas de segurança para redes wi-fi e quiser saber mais sobre o tema, não deixe de entrar em contato com a Santo Wi-Fi, pois ficaremos felizes em ajudá-lo.